Thursday, April 10, 2014

ROUGE NOIR.



Este post do Into the Gloss fez-me olhar com outros olhos para o Rouge Noir. Escapei incólume à febre dos vernizes Chanel. Jade, Particulière, Paradoxal, Mimosa, Malice, May, Vertigo. Ganho facilmente aversão a tudo o que me é vendido como o próximo must-have e o excesso de informação com que hoje somos bombardeados não ajuda. Tem acontecido isso com as mules, embora não me importasse de pôr as mãos (ou os pés) nestas Altuzarra ou ainda nestas Gianvito Rossi
De volta ao Rouge Noir, é exactamente como a Kling diz: é a não-cor perfeita. A fórmula tem a consistência ideal, seca rapidamente e possui o brilho necessário. De negativo, apenas o aplicador.
Comprei o meu na Perfumes & Companhia por €22.40.

4 comments:

  1. Foi o último verniz Chanel que comprei e é capaz de ser o que mais uso. Adoro-o e fica mesmo a não-cor perfeita na unha. Mas sim, se pudesse mudar-lhe algo seria mesmo o aplicador.

    ReplyDelete
  2. Seja para verão ou inverno acho a cor topo, eu não cedi porque ando sempre de verniz gel (ou quase sempre) mas a minha irmã cedeu :)

    ReplyDelete
  3. Eu vi esse mesmo post e fez-me comprar o verniz quase de seguida e foi o último que comprei. Adoro!

    ReplyDelete
  4. Um tom tão interessante quanto a sua intensidade!

    With love,
    The pink lemonade

    ReplyDelete