Wednesday, September 25, 2013

THE FURBY.


Mini 'Baguette' Fendi em pele €3040 .via My Theresa (link)

Eu tinha nove anos quando a casa Fendi lançou a icónica Baguette. Sobre ela, diz Silvia Venturini Fendi, a criadora, é o oposto de tudo o que me foi pedido. A saber, uma carteira prática e funcional. E não há nada de prático e funcional numa mala onde dificilmente cabe mais do que um porta cartões, telemóvel, batom e pó compacto.

A Baguette tem sido ao longo dos anos alvo de sucessivas reinvenções. Mais de mil, diz-nos a marca no website inteiramente dedicado à Baguettemania (link). Com a saudosa Carrie Bradshaw de O Sexo e a Cidade aprendemos que não existe melhor combinação do que um par de Manolos e uma Baguette. E estava certa. Os Manolos voltaram à ribalta depois de um período menos feliz da marca - case in point, os modelos BB e Chaos - e o mesmo destino parece ter a Baguette, aqui numa das muitas reinvenções felpudas para este Outono. A Vogue Portugal (@vogueportugal no Instagram) chamou-lhe Furby e, assim de repente, consigo encontrar algumas similaridades entre esta Baguette coruja e o meu amigo de infância.

Encontrem as oito diferenças (link).

ph// Harper's Bazaar

3 comments:

  1. Confesso que fiquei um bocado apavorada quando vi a imagem desta mala associada à maison Fendi. Acho que ficaria muito interessante em formato peluche ou almofada mas em mala...? BIG NO. No entanto, também me lembrei instantaneamente dos Furby, que voltaram agora em força (eu já tenho um mini) e acabei por achar piada à junção de uma mala icónica como a Baguette (quem não teve uma "imitação" sua em tempos remotos?) com uma personagem infantil quase lendária!

    ReplyDelete