Friday, June 29, 2012

YSL ROUGE PUR COUTURE VERNIS À LÈVRES #10.





Yves Saint Laurent Rouge Pur Couture Vernis à Lèvres #10 Rouge Philtre

Deveria ser condição obrigatória para quem lê o LX saber que o Rouge Pur Couture da Yves Saint Laurent é o meu batom preferido. Portanto, quando li por aí que a maison YSL ia lançar um novo produto para os lábios com o selo "Pur Couture", estava à espera de algo excepcional. E este Rouge Pur Couture Vernis à Lèvres merece a distinção.

Aproveitei uma passagem na Sephora para experimentar o RPC Vernis à Lèvres. Coloquei uma pequena quantidade nas costas da mão - a cor que experimentei era um fucshia vibrante - e continuei a minha vida. Pela hora do jantar, a swatch mantinha-se intacta e já tinham passado em torno de quatro horas. Resolvi dormir sem desmaquilhar essa área. Ao acordar, a swatch ainda estava lá, menos intensa, mas ainda assim impressionante. 

Já usei o RPC Vernis à Lèvres #10, que me foi enviado pela YSL, por três ou quatro vezes, algumas das quais mostrei aqui no LX (ver aqui e aqui). Em nenhuma das ocasiões retoquei a aplicação e fiz refeições. Surpreendente? Sim, mas para quem já experimentou a gama RPC, diria que não esperava menos. O que torna então o Vernis à Lèvres excepcional? A sua tecnologia. Lembram-se do que disse sobre o Touche Éclat, também da YSL? Não é um corrector, também não é um iluminador. O RPC Vernis à Lèvres não é apenas um batom. Não é apenas um gloss. Não é apenas um lip stain

O RPC Vernis à Lèvres é uma junção dos três e uma junção bem feita dos três. Os lipstains têm a fama de apenas deixar uma mancha de cor, sem vida, que com a adição do gloss, ganha um efeito lacado. Claro que este efeito não dura a noite toda, mas mantém-se por três/quatro horas. Ainda assim, o que mais gosto no Vernis à Lèvres é a sua aplicação - não é preciso um pincel, nem fazer contorno, basta usar o aplicador - e a textura nos lábios. Não sei se vou conseguir expressar-me bem, mas conseguem sentir as diferentes fases do Vernis à Lèvres nos lábios e isso é uma característica que me agrada particularmente. Outra característica que me impressionou foi o facto de não precisar de me preocupar se tinha batom nos dentes ou se o Vernis à Lèvres tinha ultrapassado os limites dos meus lábios. 

É um produto caro - penso que à volta de €30 - mas é um produto especial e, se pensarmos que dura e dura nos lábios, então é sinónimo de que não é preciso re-aplicá-lo até à exaustão. Eu diria que é daquelas coisas que se compra numa ocasião especial, porque exige investimento. Estou a pensar comprar um em tom de fucshia - o #14 ou 15, são 19 cores ao todo - no meu aniversário. Tenho também imensa curiosidade para experimentar um tom nude ou mais claro, porque, como sabem, a durabilidade dos batons mais claros costuma ser menor e tenho curiosidade para saber se o Vernis à Lèvres mantém o seu desempenho.

Quem já experimentou? 

11 comments:

  1. Já experimentei sim e gostei MEESMO! Não sei se é só comigo, mas a sensação é que assim que aplicamos parece que os nossos lábios são 'abraçados' pela cor, como se a esponja aplicasse uma capa mágica nos nossos lábios sem ficarmos com uma sensação pegajosa mas sim muito confortável!

    ReplyDelete
  2. é caro mas tou impressionada (e tentada).

    masé caro. mas apetece.

    especialmnt pela parte dos dentes. e de nã saltar borda fora.

    mas é caro.

    ReplyDelete
  3. Já experimentei e tive a mesma reacção de perplexidade ao ver sua a durabilidade. Genial!

    bjs**

    ReplyDelete
  4. Eu não, não sendo a maior adepta de lip stains ou gloss, não tive imensa curiosidade inicial (como costuma acontecer com tudo o que seja maquilhagem). Agora começo a desenvolver o bichinho... E a curiosidade por um tom fuschia!

    Beijinhos

    ReplyDelete
  5. Cátia, como sabes, ainda não consegui perder-me de amores por este produto. culpo as minhas altas expectativas por isso. mas mesmo assim, vou dar-lhe nova oportunidade! vou testar todas as cores como deve ser e vou passear com um swatch na mão ;)

    bjo*

    ReplyDelete
  6. Ultimamente é o produto em que vejo imensa discrepância entre críticas. Ainda não tive oportunidade de experimentar.
    O preço deixa-me um bocado de pé atrás.
    Beijinho

    ReplyDelete
  7. ainda n o experimentei mas ando curiosa depois de tudo o que tenho lido sobre ele, principalmente pela durabilidade que se há coisa q me chateia é ter q andar sempre a retocar o batom!

    ReplyDelete
  8. só tenho ouvido coisas boas sobre esse produto, mas como não sou fã de gloss, até agora tem-me sido mais fácil dizer-lhe que não, muito embora me digam que não é um gloss qualquer. é caro, mas todos os produtos YSL que tenho me deixaram mais do que satisfeita, logo acredito que para quem lhe dê bom uso possa ser um bom investimento,

    ReplyDelete
  9. fiquei cheia de vontade de comprar o produto, gosto imenso de batons mas nunca duram muito tempo por isso assim vale imenso a pena investir :)

    Lau

    ReplyDelete
  10. Sera wue tb me vais convencer a conprar uma especie de gloss, os quais tenho tendencia a odiar pelo fator "colar cabelos"? Se é RPC e é aprovado por ti entao é topo!!!

    ReplyDelete
  11. Ainda não experimentei, estive quase para o fazer quando trabalhei no stand YSL do ECI com o Opium mas tive "receio". Acho que da próxima ida a uma perfumaria vou experimentar porque também sou fã do RPC! (e mais uma vez, tu com a tua exposição perfeita convences-me a experimentar mais um produto! eheh)

    ReplyDelete