Thursday, July 07, 2011

MAKE UP BY BRAND: YVES SAINT LAURENT (PART THREE)

Isabeli Fontana na capa da Vogue Paris (Novembro 2009) e o YSL Touche Éclat #2

O primeiro post da saga Make Up By Brand: YSL gerou uma série de dúvidas e curiosidades sobre o aclamado Touche Éclat. O Touche Éclat não é um produto linear e, se é verdade que adoramos rotular um produto pela sua função, não é menos verdade que um produto ambíguo ou multifunções continua a causar-nos estranheza.

Duas concepções preliminares:
1. O TE não é um corrector de olheiras. Portanto não esperem milagres, a menos que as vossas olheiras sejam quase imperceptíveis. Se tiverem círculos negros ou olheiras mais pronunciadas, antes de aplicarem o TE devem usar um corrector de olheiras. Há quem use antes do corrector, mas nunca experimentei.


2. O TE também não um iluminador típico which means que, se o que procuram é aquele brilho cintilante, o melhor será recorrerem a iluminadores em pó ou iluminadores líquidos como o célebre High Beam da Benefit.


O que tem então o Touche Éclat de tão especial para ser considerado o Holy Grail da maquilhagem e justificar que seja vendida uma unidade a cada 10 segundos?




O que mais me intriga no TE é o facto de o considerar um produto de maquilhagem inteligente. Inteligente porque ele não é aquele tipo de produto que leva uma amiga a exclamar «OMG!» ao olhar para nós, como quando cobiçam a cor de um batom, mas faz-se notar, de forma sublime. É aquele tipo de coisa que está lá, mas que ninguém percebe muito bem o que é. Os brasileiros chamam-lhe cara de rhyca, entendem?


É a própria YSL quem rejeita o rótulo de corrector de olheiras e diz sim que o TE permite eliminar sinais de fadiga e conferir uma maior luminosidade à pele. E luminosidade não é sinónimo de cintilância, mas sim de reflexão da luz. Dou-vos um exemplo, existem imensas pessoas que utilizam dois tons de base na face para, justamente, criar estes jogos de luz e modelar o rosto. Como referi no primeiro post sobre a YSL, não uso on daily basis. Se poderia fazê-lo? Claro que sim. Mas, para mim, o TE é aquele toque extra.


Como e onde aplicar o TE?


Enquanto pesquisava imagens para este post, encontrei este face chart com os locais onde, tipicamente, o TE pode ser aplicado e que não difere muito do que faço. Adicionei algumas notas...
Se tiverem dificuldade em ler, podem ampliar a imagem. As linhas a tracejado foram adicionadas por mim, para explicar outras zonas em que faço a aplicação.


Uma dica que aprendi durante a gravação do vídeo com a make up artist da YSL: imaginem que faziam um disparate com a sombra que estão a usar e querem voltar atrás, basta passarem o TE e resolvem o problema. Não é preciso muito produto para obter os resultados pretendidos, um ou dois cliques, e fazer aquelas batidelas com os dedos, para se fundir com a base. Não esfreguem o TE. E podem usá-los sobre produtos/base em pó.


O TE tem uma textura super fácil de espalhar, não acumula e mantém-se durante bastante tempo.


Há quem se queixe que, com o tempo, as cerdas do TE ganhem um cheiro não muito agradável. Se pesquisarem pelo mundo encantado do YouTube, por certo encontrarão vídeos sobre como manter limpo o TE.


Vídeos YSL: Eyes - clicar aqui. | Cheekbones - clicar aqui. | Nose - clicar aqui. | Lips - clicar aqui.


Como escolher o tom do TE?


Uma das dúvidas que deixaram no primeiro post sobre a YSL prendia-se com a escolha do tom do TE. A YSL tem vindo, ao longo dos anos, a adicionar mais tons ao TE, que nem sempre se encontram à venda em todos os países. 



Sobre a escolha do tom do TE, há quem argumente que se deve seguir a regra dos correctores de olheiras: escolher um tom abaixo do tom da nossa pele/base. Pessoalmente, não sigo essa regra, nem no TE, nem nos ditos correctores. A ideia da escolha do TE é match your skintone.

Até há pouco tempo, existiam 4 tons de TE:
#1 Luminous Radiante - é o tom universal do TE, o original se preferirem, adaptável a todos os tons de pele, mas recomendado sobretudo para peles mais claras e com fundo rosado.
#2 Luminous Ivory - é o que uso. Este é indicado para peles um tom mais escuras ou para aquelas pessoas que, como eu, têm uma pele muito clara, mas de fundo amarelo.
#3 Light Peach - mais escuro do que o #2 e fica bem em tons de pele mediterrâneos ou indianos ou dos países do Médio Oriente.
#4 Luminous Toffee - é o tom a escolher para quem tem a pele mais escura ou negra.


Ultimamente, outros tons foram lançados. Por exemplo, existe um tom #1.5, que é ainda mais indicado para as peles claras de fundo rosado e a oferta de tons estende-se até ao #8, para adaptar-se ainda melhor à especificidade de cada skintone


Podem consultar o website do Touche Éclat (em português, yeah) e lá, à semelhança da MAC, existe um sistema para encontrar o vosso tom. Cliquem aqui.

E, para terminar, deixo-vos com uma foto que acabei de tirar, usando o TE e que vos permitirá ver o efeito. Na foto estou a usar um primer, pouquíssima base líquida, corrector de olheiras, um bronzer, máscara de pestanas, um pó translucido e um gloss.


Onde noto mais diferença ao usar o TE é na zona dos olhos. Na zona do osso da sobrancelha, nem é necessário usar uma sombra iluminadora (a que uso normalmente não é cintilante, já perceberam que odeio maquilhagem muito cintilante) e nas olheiras noto muita diferença. Se olharem para as maças do rosto, conseguirão ver que a zona está iluminada, mas não brilhante/cintilante. E aplico sempre na cana do nariz. Há dois meses desmaiei e, ao contrário de todas as outras vezes, caí para a frente e magoei muito a cara, acabando por ficar com uma cicatriz na extremidade lateral cana do nariz. É outro dos sítios em que gosto do efeito, porque retira a atenção dessa zona.


Aqui podem ver algumas imagens de um antes e depois numa pessoa que tem umas olheiras bem mais escuras do que as minhas.


A foto não tem qualquer efeito, não foi usado Photoshop, nem qualquer outro programa de edição de imagem. Foi tirada com a mesma máquina de sempre, na mesma parede de sempre. Só foram adicionadas as setas que procuram exemplificar os locais onde usei o TE. Foi a primeira vez em que não dei um touchup nas minhas olheiras.

Como disse no outro post, o Touche Éclat desperta paixões e ódios. Há quem ame o produto, há quem não o ache nada de especial. O que eu acho, e isto é uma opinião muito pessoal, é que a questão das expectativas tem aqui um grande papel. A maioria das pessoas que não gostam do TE, esperavam que ele fosse um iluminador cheio de brilho e cintilância. E isso, o TE não é! 

Conhecem a máxima «Eu, mas melhor!»?, o TE faz isso. Ele está lá, mas não é óbvio. Para mim, o TE é, como já disse anteriormente, um produto inteligente e um grande avanço tecnológico na maquilhagem. É um embelezador, não um iluminador ou um corrector. É uma categoria de produto por si só. É caro, sim, mas no meu caso dura imenso porque só uso quando me quero sentir realmente bonita, quando quero caprichar no visual.

E vocês? Qual é a vossa opinião sobre o TE?

Espero que gostem do post. Qualquer dúvida, comentários ou lxstateoffashion@gmail.com.


UPDATE:


No website do Touche Éclat existe um separador - Deixe o seu toque - no qual, podemos personalizar as nossas fotos com o efeito do TE. Estou a tentar perceber como funciona e depois coloco aqui. 


Num outro separador - Partilhe a sua paixão - podem dizer o que vos vai na alma sobre o TE e partilhá-lo com o resto do mundo!

---

Como a fastfashion.onlinestore me perguntou ontem qual era o tom mais fluo entre o Rouge Pur Couture #7 e #27, aqui vai. Outra foto acabadinha de tirar, mas teve que ser com o BB, porque a máquina is having a moment.


Nenhum deles é fluo, mas o #27 é mais aberto e mais adequado a esta estação. O #7 é o magenta tipicamente Saint Laurent. É o melhor batom que tenho, o meu preferido, no entanto tenho usado mais o #27, por ser mais adequado à estação. E posso confessar-vos uma coisa? Nutro um ódio de morte por peles muito bronzeadas e batons rosa. Felizmente, a pele da minha cara não bronzeia com facilidade e consigo controlar o tom de pele com a maquilhagem.


À direita, o #7 e à esquerda, o #27.

24 comments:

  1. O melhor review do TE que alguma vez li. Tenho dito!

    bjs

    ReplyDelete
  2. Bem, parece-me q vou fazer o investimento :)

    ReplyDelete
  3. O TE cobre as sardas? Eu tenho a cara toda coberta de sardas clarinhas que ao longe me dão um tom amarelado à pele. Ao perto vê-se que a minha pele tem um fundo rosado. O tom mais indicado do TE para mim talvez seja o tal 1.5 novo que mencionaste.

    ReplyDelete
  4. Adorei o post e devo dizer-te que o teu blogue está a tornar-se um vício:) Fazes as melhores reviews de maquilhagem que tenho visto pela web, sabes realmente do que falas. A foto que tiraste mostra que o TE dá um ar luminoso a saudável à pele, tenho mesmo de comprá-lo. bj!

    ReplyDelete
  5. Fiquei rendida, tenho olheiras mais escuras e uso corrector mas sinto que preciso de um extra e o TE parece mesmo indicado, vou ter mesmo de juntar uns dinheirinhos para este extra.

    ReplyDelete
  6. honey, como disse no post anterior sobre o TE eu amo-o de morte precisamente por ser super discreto! Concordo contigo: algumas pessoas adoram outras não gosto mas acho que é - como tu disseste - por pensarem que ele deveria funcionar de determinada maneiras - experctativas expectativas... nos dias em que tenho mais tempo o TE está presente na make up. Nunca tive problema com o TE a nível de criar bacterias e ficar com uma cor esquisita nem com cheiro e para ser sincera... não o limpo assim tantas vezes quanto isso :-) lol eu sou mulatinha e uso o #3, considero que é o tom ideal para iluminar o meu rosto. beijinhos e desculpa o testamento :-)

    http://makeupblah.blogspot.com/

    ReplyDelete
  7. @Isabel G. BEM, Isabel! Isso é um grande elogio! :)

    @Sara Levy Sara, aproveita o desconto da Douglas. 20% de desconto se fizeres/tiveres o cartão.

    @Anonymous Não sei se cobrirá as sardas, depende muito da pigmentação das mesmas. Não acho que seja o produto mais indicado, existem alguns primers com essa função. Oh e não tapes as sardas, as sardas são uma coisa tão bonita e invulgar!

    Uma questão, usas um primer+base? Um corrector de olheiras não tapa?

    Beijinhos

    @Rita G. Oh Rita... sorri com esse comentário!

    @Dudu Tal como disse à Sara, aposta nos 20% de desconto da Douglas!

    @Maria Realmente nunca tive problemas de cheiro, mas li tanta gente a queixar-se disso!

    ReplyDelete
  8. Muito muito bom... gostei e acho que daqui para a frente irei usar melhor o meu TE ( que só uso em ocasiões especiais). Continua com estes posts maravilhosos!

    ReplyDelete
  9. Olá :)

    Eu tenho este produto mas agora ao ler este post apercebo-me de que fui enganada pela vendedora da Sephora que mo vendeu. Na altura andava à procura de um corrector de olheiras (tenho a pele bastante alérgica e por isso possuo olheiras mais pronunciadas do que a maioria) e a senhora "impingiu-me" logo este LOL de facto é um bom produto mas não para o fim que eu desejo. É uma pena algumas das meninas que trabalham com maquilhagem não estarem melhor informadas. Gastei 32 euros praticamente para nada :(

    Já agora será que me podes recomendar um bom corrector de olheiras a um preço relativamente acessivel? E de preferência de uma marca que seja vendida aqui pelo Porto :)

    Obrigada e continua com o excelente trabalho :)

    ReplyDelete
  10. Cátia deve ser por sermos homonimas que gosto tanto deste blog e dos teus preciosos conselhos!!! Depois da review e das tuas fotos estou decididissima a comprar o TE e o #27! compreendo o que dizes do #7 mas neste momento preciso de algo mais aberto e como a minha cor nunca é morena, não deve dar esse aspecto que falas... Este fimdemsemana vou maquilhar-me fora para festa por isso vou aproveitar para experimentar tudo e claro trazer ja na clucth ;) estou tb a pensar pedir para aplicarem o poudre compacte radiance e a mascara lash queen sexy black (tudo recomendado por aqui)!!! Ja agora quero muito que me destaquem o olhar, por isso mais algum produto a pedir para experimentar?!

    ReplyDelete
  11. @ Filipa Olá Filipa, realmente as vendedoras da Sephora enganam-se muito com o TE! Aliás, não confio nelas para nada.

    Quanto a correctores de olheiras... Há opções mais baratas e que se diz serem boas como o Healthy Mix da Bourjois ou o Pure Mineral da Maybelline. Se pesquisares por umas reviews, verás que recebem sempre boas críticas.

    Depois tens sempre a MAC, o corrector ProLongwear é muito bom (é mais caro do que os anteriores, mas a embalagem rende muito), tens o Boi-ing da Benefit (custa em torno de 20 euros)que eu gosto muito.

    Mais caros que esses, tens a paleta de correctivos da MakeUpForever que, tendo as olheiras escuras, oferece vários tons no mesmo produto para conseguires o melhor efeito e há um da Bobbi Brown que tenho muita curiosidade para experimentar, o Creamy Concealer Kit.

    Deixo-te aqui os links:

    Bobbi Brown: http://www.sephora.fr/Maquillage/Teint/Anti-Cernes-et-Correcteur/Creamy-Concealer-Kit-Kit-Anti-cernes/P471047

    Benefit: http://www.sephora.fr/Maquillage/Teint/Anti-Cernes-et-Correcteur/Boi-ing/P2516

    Make Up Forever:
    http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://a248.g.akamai.net/7/248/8278/20060427191244/www.sephora.com/assets/dyn/product/P147417/P147417_hero.jpg&imgrefurl=http://www.sephora.com/browse/product.jhtml%3Fid%3DP147417&usg=__qRoBGbSwdIIeOh4qHUnBXSSWCig=&h=250&w=250&sz=7&hl=pt-PT&start=0&sig2=CrOttwRRghiito_BvMoYqg&zoom=1&tbnid=qfsvDsy47yakaM:&tbnh=131&tbnw=130&ei=WggWTtvONcvDsQLX0ugp&prev=/search%3Fq%3Dmake%2Bup%2Bforever%2Bconcealer%26um%3D1%26hl%3Dpt-PT%26biw%3D1024%26bih%3D425%26tbm%3Disch&um=1&itbs=1&iact=hc&vpx=276&vpy=87&dur=12&hovh=200&hovw=200&tx=93&ty=93&page=1&ndsp=10&ved=1t:429,r:1,s:0&biw=1024&bih=425

    ReplyDelete
  12. @Anonymous Para a leitora com as sardas, lembrei-me de um produto: o crème de camouflage da Make Up Forever!

    @fastfashion.onlinestore O #27 é lindo! Quanto a máscaras, vê a Lash Queen Sexy Blacks, que é a minha preferida, mas vê as outras máscaras da HR, porque regra geral são muito boas (uma que tem animal print na embalagem é óptima) e eles lançaram agora uma. A YSL tem a Faux Cils e tem uma que é a Waterproof que tenho usado recentemente e que é óptima e não faz grumos.

    Produtos para destacares o olhar? Depende do que levas vestido. A YSL tem agora uma paleta de sombras linda chamada Pure Chromatics (daquelas que se pode molhar), depois há produtos-truque como o Eye Bright da Benefit que existe só para aplicar no osso da sobrancelha e no canto do olho, mas consegues o mesmo efeito com uma sombra iluminadora. Podes sempre usar um lápis branco ou bege na linha de água para abrir o olhar.

    Ontem saí da Sephora com uma vontade louca de comprar o spray Terracota da Guerlain (vai ver o Rouge Automatique). Aquilo é sensacional!

    ReplyDelete
  13. Amei o post.
    Tens uma nova seguidora, claro.*

    ReplyDelete
  14. Cátia adorei o post, muitos parabéns, mais completo..impossivel!! :)

    Eu sou fã do TE, foi o primeiro produto que comprei da YSL eheh :)

    Beijinho,
    sara

    ReplyDelete
  15. Cool :)

    Visitem:http://pedrogarfo.tumblr.com/

    Pedro Garfo
    Mens fashion Blog

    ReplyDelete
  16. Grande post, muito obrigada!!! Sou fâ, uso, recomendo, e sou daquelas que tenta viver 2 meses sem ele e é COMPLICADO! AO contrário de ti, uso todos os dias ;) beijinho*

    ReplyDelete
  17. Cátia, adoro a maneira como escreves! És uma verdadeira inspiração :) Vou concorrer este ano à faculdade e estava indecisa acerca de que escolha fazer. Agora já sei, vou seguir jornalismo na esperança de um dia conseguir escrever como tu. Obrigada! Espero poder chamar-te colega brevemente :)

    Tudo de bom para ti.

    ***

    ReplyDelete
  18. @Anonymous So sweet! Nunca ninguém me disse que era uma inspiração. Muito obrigada pelo elogio, de coração! Nem acho que o mereça. A minha prof de Português no secundário sempre me disse que a minha escrita era muito básica, e eu concordo com ela.

    Já sabes a que faculdade te vais candidatar? Se precisares de alguma opinião, manda-me um e-mail, terei todo o gosto em responder-te!

    Beijinho grande.

    ReplyDelete
  19. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  20. This comment has been removed by a blog administrator.

    ReplyDelete
  21. Cátia, YOU ROCK GIRL.
    Adorei adorei adorei. Ando numa luta interior se compro ou não o TE... E tal como aconteceu com os RPC, rendi-me graças a ti! E ainda tenho um descontinho da Sephora por usar... Consegues adivinhar no que será!?

    Mais um post brilhante, como já vem sendo hábito. :D *

    ReplyDelete
  22. Adorei ! O teu post está tão bem construído *.* muito bom trabalho !

    ReplyDelete
  23. @ Joana Joana, vou já apagar o teu comentário. Tive que aceitar porque, graças ao novo Blogger, não conseguiria lê-lo até ao fim.

    Obrigada, mais uma vez, pelos teus comentários e não tens que ter vergonha de estares a perguntar algo a uma pessoa que não conheces.

    Tirei Ciências da Comunicação e não me arrependo. Adorei o meu curso, aprendi muito, mas sim, a dura realidade do mercado de trabalho é algo com que tens que contar. Mas isso acontece em CC e acontece em tantas outras áreas. CC abre-te portas para muitas áreas e hoje em dia a licenciatura é apenas o primeiro passo. É impensável não tirares um mestrado, uma pós-graduação.

    Já pensaste para que faculdade estás a pensar em candidatar-te?

    Um conselho, durante a licenciatura, qualquer que seja a que escolhas, vai-te mexendo. Foi coisa de que me arrependo de não ter feito. Dá perfeitamente para conciliar aulas com um estágio na área ou colaborar com publicações ou associações ou até com o jornal da aldeia. Neste momento sou "directora de marketing e comunicação" da associação que fundámos na aldeia do meu pai. É um cargo a "brincar" mas faço imensas coisas, desde gerir o blogue da aldeia, até conceber todo o material gráfico para a festa anual e até ando com um projecto de preservação da memória da aldeia.

    A paixão pela fotografia, aconselho-te a ires fazendo cursos. Uma amiga minha trabalha na revista "Mundo da Fotografia Digital" como jornalista e fotógrafa. Portanto, apostares em formação nessa área é muito importante.

    Quanto à Moda... Às vezes é frustrante. Porque sinto que é o que estou talhada para fazer desde pequena (e levou-me muito tempo a aceitar isso) e que em Portugal é realmente um mundo cão. Continuo com o meu sonho e irei fazer, em breve, cursinhos nessa área em Londres. Quero fazer 3 cursos: Fashion Journalism, Fashion Marketing e Fashion Communication for Luxury Brands.

    Se me perguntares o que sinto neste momento, diria que estou um pouco frustrada. Mas mantenho a esperança. Eu sei o que quero fazer, e acredito que um dia terei esse privilégio.

    Se queres Ciências da Comunicação, faz pelo menos duas áreas (o meu curso tinha 4, fiz duas), porque isso te abrirá horizontes. Mas não penses na licenciatura como o fim de algo. Terás sempre o mestrado e, se ao longo da licenciatura, fores investindo na tua formação complementar, terás um óptimo currículo. Não sei onde moras, mas aqui em LX existe o Cenjor, existem escolas de escrita como a Escrever, Escrever, também tens a Escola de Moda de Lisboa.

    Aos 18 anos, tens tudo pela frente. Dava tudo para ter 18 anos de novo, teria feito muita coisa diferente.

    Se quiseres mais insights sobre o mundo da Moda, manda-me um e-mail.

    Beijinho grande.

    ReplyDelete
  24. SUSTO! percebi que trouxe o TE 3! Sera grave? Na sephora foi o que me recomendaram, mas sera por estar bronzeada? No inverno nao sera muito escuro?! So percebi qdo estava a reler este post (sim eu releio mto estes teus posts)!!! Beijooo

    ReplyDelete