Tuesday, May 03, 2011

A FASHION EXTRAVAGANZA - MET GALA 2011

It was a fashion extravaganza! 

Considerado por muitos o evento de Moda do ano, a gala do MET teve lugar ontem, em Nova Iorque, e homenageou the late Alexander McQueen. É, por excelência, um evento em que não existem restrições, nem protocolos, em que tudo é permitido e em que o memo parece ser be lavish and fierce!.

At least for me porque, pelo que li por essa blogosfera, temos perspectivas diferentes do que é -e representa - a gala do MET. E, provavelmente, perspectivas diferentes do que é isto da Moda. E não entendam com esta minha afirmação que sou apologista de freak shows, mas a Moda, neste tipo de evento, deve ser vivida em todo o seu esplendor, sem receios e com devoção. Vestidos de princesa? Reservem-nos para os Óscares. Tenho uma certa dificuldade em aceitar algumas das escolhas que já vi por aí como mais bem vestidas. E uma certa é eufemismo.

Vamos lá às minhas escolhas:

DAPHNE GUINNESS in Alexander McQueen - Can I have a moment of silence for Daphne? Sei que muitas de vós vão pensar que estou louca e perguntar-se pelo minimalismo que tanto defendo, mas se eu fosse convidada para o MET seria esta a linha que seguia. Este é o momento para fazer uso da Moda enquanto Arte e esta criação da Sarah Burton para a casa McQueen é exactamente aquilo que se quer ver nestas ocasiões. E, claro, só Queen Daphne poderia usar uma peça destas de forma tão effortless.

CHRISTINA RICCI in Zac Posen - Não costumo ser fã das criações do Zac Posen, pelo simples facto que tenho uma certa resistência a corpetes e ele trabalha - muito bem - esse tipo de estrutura. Mas olhem bem para o corpo da Christina Ricci! Va va va voom!

ASHLEY OLSEN in Dior - Ashley Olsen não é, habitualmente, a minha gémea preferida nestas ocasiões. Em todo o caso, kudos para a demonstração de personalidade e por se afastar daquilo que mais repulsa me causa, celebridades e actrizes fabricadas por stylists e designers. E adoro a escolha dos sapatos, que me parecem uns Pigalle, o único modelo Christian Louboutin que aprecio.

SARAH JESSICA PARKER in Alexander McQueen - Lembram-se quando, há uns anos atrás, Sarah Jessica Parker chegou com Alexander McQueen à gala do MET com aquele vestido em tartan? É um dos meus momentos preferidos de celebridades em McQueen. Era lógico que ia vestir McQueen, pensei que escolhesse algo mais fashion forward, mas o não deixa de ser um vestido que me deixa breathless.

LIV TYLER in GIVENCHY COUTURE - Se era certo que SJP ia vestir McQueen, era espectável que Liv Tyler usasse Givenchy. Sou suspeita para falar, porque admiro muito o trabalho do Riccardo Tisci, mas não há como enganar com esta colecção. Os vestidos são o equilibrio perfeito entre a extravagância e a subtileza.

ANNA WINTOUR in CHANEL - ODIEI a Blake Lively em Chanel. Para mim, é o casamento mais infeliz entre uma celebridade e uma marca. Já não conseguia perceber porque razão a Ciara - quem não conhece, clique aqui - era a musa da maison Givenchy, mas Blake Lively como embaixadora Chanel é um pensamento que me provoca calafrios. Não vejo a Blake como um ícone, para mim ela é o tipo de rapariga Versace. Demasiado sex appeal para o allure da Chanel. E, depois de ver quem vestiu Chanel - Janelle Monae, Freida Pinto, etc. - Anna Wintour foi, de longe, a minha preferida. Vestir Chanel não é para qualquer pessoa e, no caso de Anna Wintour, é uma combinação sempre ganha. E adoro o degradé do vestido!

ANDRE LEON TALLEY e HAMMISH BOWLES - Se já tinham razões de sobra para achar que estou louca, juntem-lhe mais esta. Adorei o dramatismo dos homens de serviço, os únicos que arriscaram para além do típico smoking.

LEESLEE SOBIESKI in VIONNET, ISABEL LUCAS in LOUIS VUITTON, GINNIFER GOODWIN in TOPSHOP, BROOKLYN DECKER in MICHAEL KORS, DIANE KRUGER in JASON WU e GWYNETH PALTROW in STELLA MCCARTNEY - Estavam bem, mas faltou dramatismo a todas. Principal desilusão? Diane Kruger. Esperava muito mais. E que bem parece o vestido TOPSHOP de Ginnifer Goodwin?!

De resto, nota muito negativa para Beyonce em Emilio Pucci, como li algures, o vestido parece ter sido feito pela mãe da cantora que não prima propriamente pelo bom gosto, nota ainda mais negativa para Ciara, em Prabal Gurung, não tanto pelo vestido, mas pelo cabelo compridíssimo que insiste em usar. Esperava muito mais da minha querida Jennifer Lopez e quanto à Rihanna, é melhor não dizer nada porque não vai sair coisa bonita. 

Bocejei ao ver, Penélope Cruz, Renée Zelleweger, Ashley Greene, Salma Hayek, que lá por namorar o filho do todo poderoso senhor Pinault, não devia ser embaixadora da casa McQueen. Bocejos ainda para Leighton Meester, Zöe Saldana, Kristen Stewart e, imagine-se, até para Madonna. 

E acabei de ver agora a Solange Knowles a mostrar à irmã quem manda, com um fantástico Dries van Noten, Hilary Rhoda em McQueen e Florence Welsh a realizar o sonho da minha vida. Oh yeah, she's wearing a YSL smoking! E ainda por cima, acompanhada por Stefano Pilati.


Será que alguém vai concordar comigo? Don't hate me!






19 comments:

  1. Concordo em quase tudo. A Florence: LINDA! Adorei!
    Também acho que a moda é para ser vivida. Se todos jogassem pelo seguro, este mundo seria muito enfadonho. Adorei as "loucuras" que alguns ousaram cometer, caso contrário, como poderia isto ser uma homenagem a Alexander McQueen?
    Beijo*

    ReplyDelete
  2. @ Alice Thank the Lord por alguém concordar comigo! E sabes que mais? Achei que faltou o espírito McQueen entre os convidados!

    ReplyDelete
  3. Temos alguns favoritos em comum, mas nem todos. Não gostei, por exemplo, do look da Daphne, da Sarah J.P. e da Christina Ricci.

    Por outro lado, adorei o look da Diane Kruger e da Gwyneth.

    Este ano, os convidados correram poucos riscos. A maioria jogou pelo seguro. Estou um bocado triste, por isso, é verdade...

    Adorei, simplesmente, a coragem e o dramatismo do André Leon e do Hamish Bowles! :)

    ReplyDelete
  4. Compreendo bem o que dizes. Não são tão extrema e acho que cada um deve ir na forma que se sente melhor, mesmo que isso signifique mais do mesmo de vestidos Marchesa princesinha (BTW detestei a Miranda Kerr, parece uma noiva). Gostei muito Wintour e de SJP. E se claro é homenagem a McQueen deve-se levar um McQueen, de preferência BSB - Before Sarah Burton. Nada contra a senhora mas McQueen é McQueen.

    ReplyDelete
  5. Para já.. Diane Kruger.. estava lindA!!!

    Quando analisar bem as outras venho cá dizer de minha justiça :)

    Beijinho,
    sara

    ReplyDelete
  6. @ Artur Artur, gostei do look da Diane e da Gwyneth, apenas acho que não é MET material!

    @ Raquel Fernandes Miranda Kerr estava terrível! Por acaso fiquei muito surpreendida por tão poucos convidados usarem McQueen. Estava à espera de ver algumas das suas criações mais brilhantes!

    ReplyDelete
  7. Concordo plenamente! A Gala do Met é a red carpet para os desvaneios!! Sobre melhores/piores vestidas, acho que isso é questão de gosto pessoal (o nosso e o de quem veste, porque há pessoas que simplesmente não gostam de grandes vôos - eu por exemplo seria uma delas haha). Gostei da Blake, apesar de concordar que ela não é uma boa representante da marca, não gostei de SJP e gostei de Diane K apesar de também achar que ela é menina para muito mais!! hahaha Gostei de JLo e de Penélope (apesar de perceber o bocejo, mas eu adoro-a demasiado). Madonna? No coments! E também me junto às pessoas que gostou do André LT (: Ha, e gostei da, tua adorada, Zöe Saldana! Tudo bem que estava simples, mas arrasou!

    Quanto ao espiríto McQueen, não vi na-da! Nesse aspecto, esperava muito mais.

    ReplyDelete
  8. Ah! A Ashley Olsen está de Dior.

    ReplyDelete
  9. Chego a casa e tenho que ler este post todinho bahhh apetecia-me agora ... ) se antes das 18h voltar é porque nao resisti babe!!!

    ReplyDelete
  10. Cá está um post que é a razão que tanto gosto de cá vir! Diferente, joga com tudo para a frente, opiniões que arriscam ser diferentes (mesmo das minhas muitas vezes).

    Mas o que gostei mesmo é, além de a opinião sobre a indumentária delas, enquadrar o evento e a sua importância em dduas ou três linhas.

    Fantástico.

    A minha opinião sobre as que mencionas, não é importante, não percebo muito disso. Ajuízo apenas aquele que me salta aos olhos como apelativo, sem qualquer análise de linhas, inspiração.

    ReplyDelete
  11. Ashley de vintage Dior e muito bem. Concordo com quse tudo, como quase sempre ;) E tenho a dizer que A Gweneth está cada vez melhor.

    bjs*

    ReplyDelete
  12. Ashley Greene was my favorite but I liked also JLo, Coco Rocha, Gisele and SJP... amazing women! :D

    http://rejectingtheobviousness.blogspot.com

    ReplyDelete
  13. Para mim, a Christina Ricci, apesar de não vestir McQueen, captou um pc do espírito dele ;) Foi a q mais gostei, mas tb achei q a Diane Kruger estivesse mt bem :)

    beijinhos*

    ReplyDelete
  14. Concordo muito ctg nos don't uii uns muito pesados mesmo!!! Quanto aos mais, a mim sem analises de "para aquela pessoa tinha mm que ser" só Renee (aquelas costas sao to die for, mas eu sou pessoa de ombros e costas), brooklyn (mas aqueles sapatos sao o terror, ou entao vi mal), eva mendes (just be electric and gold, uma das minhas combinacoes favoritas) e florence (sempre drama)!!!

    ReplyDelete
  15. Eu não sou expert em moda mas sei que tu és, e sabes saber falar sobre o assunto. Concordo no assunto Chanel e com algumas das tuas escolhas! :)

    ReplyDelete
  16. Das tuas escolhas, não gostei msm nada do da Nina Ricci, a SJP não cabia no vestido (tava aberto atrás e tudo) e apesar de achar o Topshop da Goodwin um dos mais geniais da noite, ficava-lhe super mal. Quanto aquelas que estavam bem, mas faltava dramatismo estão no meu top 5.

    ReplyDelete
  17. Anna Wintour consegue ser tão perfeita que rivaliza com uma maioria que tem metade da idade dela. E ganha.
    Acho que merece um dos melhores aplausos da noite.

    Bj
    at beleza

    ReplyDelete
  18. Concordei com a maioria das tuas escolhas. E principalmente com o bocejo na Kristen Stewart. Ficou tudo maravilhado com a menina, e eu achei uma coisa sem piadinha nenhuma!

    ReplyDelete
  19. @xana Sim, espírito McQueen? Não vi nada. Só modelos!

    @Ego MUITO OBRIGADA pelo comentário. A minha mãe costuma dizer que sou igualzinha ao meu pai: temos o coração ao pé da boca. É bom, é mau, não sei muito bem! É bom existirem opiniões diferentes. Para mim, MET é MODA!

    @Isabel G. A Ashley estava demais!

    @Margarida Haja alguém que concorde comigo! LOL

    @fastfashion.onlinestore A Renée é um caso que eu não percebo e, na maioria das vezes, os vestidos Carolina Herrera só contribuem para o envelhecimento da sua imagem. Quanto à Eva Mendes, eu gostei, mas não é vestido para o MET.

    @Blonde Já somos umas quantas a concordar e consta-se que, no seio da marca, também há muita discórdia.

    @at beleza Anna Wintour é sinónimo de irrepreensibilidade, no estilo, no trabalho, na vida. Podem fazer dela o "diabo", mas é e continuará a ser uma referência no mundo da Moda. E adoro quando repete as suas roupas vezes sem conta!

    @melody Mafalda, juro que não entendi tanto entusiasmo em torno da K. Stewart. Para mim é o mesmo de sempre, com uma cara ligeiramente menos enjoada! LOL

    ReplyDelete