Monday, April 18, 2011

LE SMOKING.


Há quem suspire toda uma vida por uma Birkin - I'm team Kelly, já agora - ou pela clássica Chanel 2.55. Há ainda quem sonhe com o primeiro par de Manolos - oh f*ck, Manolo Blahnik is so Sex & the City season 1 - ou com um fabuloso vestido vermelho Valentino. E depois existem pessoas como eu, com uma admiração tão profunda pela genialidade de monsieur Saint Laurent, que me faz ficar speechless perante le smoking.

A minha história de amor com Yves Saint Laurent é sobejamente conhecida aqui pelo LX. Não há semana em que não refira as iniciais YSL, nem que seja apenas para reafirmar a minha obsessão com o YSL Rouge Pur Couture. Mas esta história de amor não é de hoje. Como também não é de hoje a minha total devoção à Moda - com M maiúsculo s'il vous plaît. Se me pedissem para situar no tempo quando começou exactamente esta obsessão, atrever-me-ia a dizer que deveria ter em torno de sete ou oito anos - it's been a while hun?

Yves Saint Laurent será sempre o meu créateur de eleição. Não por Pierre Bergère, o seu companheiro, ter proferido a célebre frase «Se Coco Chanel libertou as mulheres, Yves Saint Laurent deu-lhes poder.» que, embora traduza com mestria o modo como o meu olho para a Moda evoluiu, peca por ser redutora. Sim, Saint Laurent deu poder às mulheres e le smoking, apresentado pela primeira vez em 1966, é disso exemplo. Mas não se ficou por aí.

Lembro-me de, há uns meses atrás, ter visto um episódio do Project Runway Canada - com a robótica Iman como anfitriã - em que os designers deveriam criar uma peça fiel ao espírito de algumas das principais maisons, nas quais se incluía Saint Laurent. Um dos designers assumiu, em plena runway, desconhecer o trabalho do criador argelino e a reacção de Iman foi exactamente a minha. Como pode alguém aspirar a uma carreira na Moda sem saber quem foi  Yves Saint Laurent?

Bem sei que entre as leitores - e leitores - do LX, existirão muitas admiradoras confessas de Coco Chanel - nas quais também me incluo - mas perdoem-me a franqueza ao afirmar, a plenos pulmões, que nenhum outro criador influenciou tanto a Moda que chegou aos nossos dias como Yves Saint Laurent. Os jogos de cor, a inspiração étnica, a viagem ao espírito safari, as transparências, a blusa, o preto total, le smoking... Tudo isto saiu da cabeça do homem que vêem ao lado de Catherine Deneuve, fotografados por Helmut Newton, outra referência incontornável.

Tudo isto para dizer que, se algum dia me perguntassem qual a minha peça de eleição slash sonho de consumo slash whatever, seria le smoking (ou qualquer outra peça com a assinatura de Yves Saint Laurent).

Que me dizem a um post com a história da casa YSL? E a um especial sobre maquilhagem, com dicas sobre o que comprar em cada marca?

Au revoir!


16 comments:

  1. wow adorei ler o teu texto. muito bom. e força nestes posts, são bem vindos :D

    ReplyDelete
  2. Como sempre um belo texto em que mostra a tua declarada obsessão por tudo que é YSL!
    Atrevo-me a dizer que mesmo quem não gosta da marca depois de ler isto no mínimo fica curioso e vai pesquisar mais sobre este senhor e sobre o mundo YSL! :)
    Parabéns pelo post! :)

    ReplyDelete
  3. Também me lembro de ver esse episódio, como leiga na matéria fiquei chocada perante tal resposta.
    A favor dos posts, venham eles.

    ReplyDelete
  4. Eu vi esse episódio e fiquei CHOCADA!! Mesmo!!! Já em pulgas para ler o post sugerido!! Voto SIM!

    Aproveito para dizer que apesar de comentar poucas vezes admiro muito o teu trabalho (pode-se dizer assim!)! É um blog de qualidade! Parabéns!

    ReplyDelete
  5. Não conheço na blogsfera nacional nenhum blog de moda com uma escrita tão jornalística como o LX.

    Na tua escrita estão implícitas muitas horas de estudo que te permitiram adquirir conhecimentos e desenvolver um espírito critico.

    É uma pena que a imprensa da especialidade não aposte mais neste tipo de escrita, criativa e inteligente.

    É por isso que te leio, sinto que aprendo sempre alguma coisa.

    Fico a aguardar com muita expectativa o post sobre a história da casa YSL.

    http://bookdeumafashionista.blogspot.com/

    ReplyDelete
  6. Ou não conheço ou não procurei como deve ser, mas é dificil encontrar um blog que dê a abordagem à moda como Arte ou como História (sim, com H grande) como tu fazes. É isso que gosto nesta casa, porque ver fotos outfiticas em poses trombósicas vejo em qualquer canto, gente com bom gosto não falta. Agora gente com conhecimento na matéria, escasseia. Sabia lá quem tinha inventado o smoking (à primeira inda pensei que fosses falar de tabaco....brincadeirinha)
    *

    ReplyDelete
  7. a leitura q nc cansa - é cm olho para os teus textos q - mesmo q n sejam novidade nesta matéria - a forma como contam uma estória faz-me arrepiar. sou mt mais YSL do q Chanel, aussi! :D ficamos a aguardar ansiosas as tuas sugestões de posts futuros! *

    ReplyDelete
  8. É incrível como fico rendida aos teus posts, todos os dias. E é notório que não sou a única. Adoro a tua escrita e a tua abordagem dos assuntos. Além de que há muito conhecimento por aí! :)

    E por isso, sim, não me importava nadinha de uns posts com a história da casa YSL e com (mais) dicas de make up para cada marca! :) ***

    ReplyDelete
  9. Yves forever! Venha daí!

    E nem de propósito falares na Iman... hoje tinha isto na minha reading list:

    http://villainouslyvintage.wordpress.com/2011/04/18/iman-for-ysl-rive-gauche/

    Esses eram os tempos!

    ReplyDelete
  10. És a melhor! A sério! Escreves tão bem, tão bem! E sabes do que escreves, sabes do que falas, que é ainda melhor. Este post, como tantos outros, está perfeito! Sem dúvida que és uma das melhores bloggers de moda nacionais! Como a cenoura disse, posts e blogs com outfits há muitos. O teu, para além dessa parte (não deixes de ir pondo alguns, PLEASE!), tem esta parte escrita com conhecimento que torna ainda mais apelativo! Muito bom! :) dá-nos tudo o que sabes! Venham daí esses posts!

    ReplyDelete
  11. O texto é simplesmete fantasico!!!! Ainda bem que não vi o dito episodio, porque de certeza que me iria saltar a tampa!! Eu assino por baixo sou fa de YSL, venero o Smoking e sou team Kelly (algo que muita gente tb não entende!!)!!!! Tive o prazer de no ano passado ter ido ver a retrospectiva que fizeram de YSL no Petit Palais e desde aí ainda estou mais apaixonada pelo grande mestre!! Deixo aqui uma ideia (de certeza que já viste!!) a quem quer se apaixonar (ainda mais) por YSL e maravilhar com o excelente guarda-roupa e o inicio do grande amor com Catherine Deneuve: Belle de Jour!! Excelente trabalho!! uma seguidora atenta,
    xoxo JoID
    http://the-secret-issue.blogspot.com/

    ReplyDelete
  12. Gostei muito do texto :D
    Fico à espera dessas dicas.
    XOXO

    ReplyDelete
  13. Sabes que sou fã dos teus posts, sabes que este foi o meu 1º blog de referencia, sabes que por mim te mandava um sms sempre que me estou a maquilhar ou numa loja do género, sabes que ainda por cima gosto da musica que ouves, ... por isso sim posts muitos posts com as tuas dicas e concordo com a Ana - QUEREMOS OUTFITS!!!

    ReplyDelete
  14. Sim, sim, por favor escreve mais posts sobre moda com M grande (parafraseando a Jo, the carrot) e menos sobre sucedâneos da moda, tais como as colecções das cadeias de fast fashion.

    ReplyDelete
  15. @ Anonymous Vou tentar! :) Não é falta de vontade, mas por vezes penso que ninguém vá ler ou achar interessante!

    Estou a tentar fazer umas mudanças aqui no LX!

    Obrigada pelo comentário!

    ReplyDelete