Wednesday, March 23, 2011

FROM ZARA TO NADA



Let's face it, a 2 de Setembro de 2010 o mundo mudou. Não por nesse dia se ter dado um qualquer acontecimento político digno de memória, nem tampouco por nos terem chegado, através da televisão, imagens da destruição provocada por uma catástrofe natural. Que me recorde, Angelina Jolie e Brad Pitt - Brangelina, se preferirem - não aumentaram a sua já enorme  família e Lindsay Lohan não foi, pela milésima vez, presa (muito provavelmente por se encontrar, efectivamente, presa).


A 2 de Setembro de 2010, o mundo mudou. Não o mundo no sentido lato, mas o nosso fashion world. A Zara, queen of all things related to fast-fashion, inaugurou a sua loja online e começou, verdadeiramente, a comunicar. Até então, a comunicação da marca-mãe do grupo espanhol Inditex era veiculada tão somente através de um website, sem qualquer publicidade nas tradicionais revistas de moda e sem perceber que esta coisa dos blogues tem pernas para andar. Hoje a Zara percebe tudo isto - not so sure acerca das revistas - e até tem iniciativas giras como o PEOPLE!.


Mas eis que me sinto cada vez mais desligada da marca. Contraditório? Talvez não. Foi um processo gradual, que começou com uma fase de grande entusiasmo, idas diárias - múltiplas visitas diárias - ao site e uma pasta/wishlist com todas as peças que me enchiam o olho. Com as idas ao site, deixei de sentir aquele friozinho barriga cada vez que entrava na Zara e confesso que raramente entro na Zara (e no site), simplesmente porque tudo o que lá está, já vi. Ou no site ou por essa blogosfera a dentro.


Balanço da última estação - sim, porque já estamos na Primavera - um casaco faux-fur, uma clutch e, recentemente, uns cropped jeans. Muito pouco para quem vestia maioritariamente Zara e entrava nas três lojas que se encontram entre a Rua Augusta e o Chiado. E quem diz Zara, diz outras marcas, à excepção da H&M Trend, por não ter tanta visibilidade. Concluindo, quanto mais sou exposta às colecções, menos vontade sinto de comprar! E não é que me sinto orgulhosa disso? 


Se querem uma confissão, já não vou a um shopping com o intuito de fazer compras há imenso tempo. Sempre fui muito ponderada, aquele tipo de pessoa que primeiro vê todas as lojas e só depois decide o que comprar - comigo não existem as chamadas compras por impulso - e, sinceramente, não há nada na Zara que deseje verdadeiramente. 


O que quero saber é se alguém sente o mesmo que eu ou se sou um caso único!


Participem no GIVEAWAY BIOTHERM + LX! Cliquem na imagem para terem acesso ao post do GIVEAWAY.
Alguns esclarecimentos:


- Se são seguidoras através do GFC (Google Friend Connect) e do Facebook, têm direito a DOIS comentários (ou seja, mais hipóteses de ganhar).


- Se divulgarem o GIVEAWAY, têm direito a OUTRA entrada (link da divulgação no comentário).


- Por último, a participação é através de comentário no post e não na página do Facebook, ok?

18 comments:

  1. há uns anos atrás, o meu marido, na altura namorado, perguntou-me enquanto me via experimentar um modelito:
    "tu precisas disso? ou vais comprar por impulso?"

    desde então, a frase ecoa no meu pensamento sempre que vou às compras. e a verdade é que actualmente, sinto mais prazer em comprar para a mais pequena ( e ela precisa porque cresce a um ritmo alucinante) do que para mim.
    e dá-me gozo, com o que tenho (e é mais que suficiente) alternar peças e comprar apenas o necessário.

    ReplyDelete
  2. Não podia estar mais de acordo.

    A Zara tem-me vindo a desiludir colecção após colecção.

    Dou por mim à procura de uma peça especial mas a verdade é que raramente a encontro.

    O facto de ter subido os preços também não abona a seu favor.

    Sinto uma espécie de desencanto em relação à marca.

    http://bookdeumafashionista.blogspot.com/

    ReplyDelete
  3. @ Sofia É verdade! Lembro-me que no A/W 2010 comprei uma saia linda (evening collection) e um casaco de tachas (evening collecttion também), que são peças que vão ficar para sempre, dada a qualidade das mesmas.

    Mas ultimamente não há nada que me fascine e os preços, é melhor nem falarmos dos preços!

    ReplyDelete
  4. Esta colecção estou mais contida no que diz respeito a Zara... peças mais caras e o facto de ainda não estar bom tempo fazem-me pensar duas vezes antes de comprar. Mas no geral gosto do que tenho visto! A Zara e a H&M são as eternas favoritas :)

    ReplyDelete
  5. Eu por acaso amo a Zara e creio que sempre vou amar! É uma marca que está a crescer muito e que tem uma qualidade/preço que considero fantástica! Pelo menos no que tenho visto.

    Quanto às compras, também sou como tu, vou a todas as lojas, faço listas, pondero bem! Pelo menos no início da estação! Quando são saldos já sou mais doida, mas sempre com optimos preços! :)

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ReplyDelete
  6. continuo a gostar da zara, mas alguns preços chegam a ser absurdos, eu acho!

    ReplyDelete
  7. @ Anonymous Os preços realmente são algo exagerados. Lembro-me de quando era mais nova, comprar aqueles jeans básicos por 10 euros na TRF. Hoje, no mínimo, custam 25.95€.

    Já para não falar nos acessórios, sobretudo as malas, que estão com preços quase proibitivos. A Zara e a Uterque não têm o mesmo target, mas começo a achar que sim :(

    ReplyDelete
  8. Eu por acaso já não compro na zara a anos pois não tenho nenhuma loja perto de mim.
    Obrigada por avisares do giveaway =)

    ReplyDelete
  9. É verdade dear, lá estão aqueles sapatos e uma ou duas peças no máximo que gosto da colecção por ter o toque clássico e minimalista mas no entanto, os preços não são os mais chamativos, e a qualidade das peças (TRF principalmente) deixam a desejar...
    Acho que devíamos fazer uma greve ahah

    Cs1993

    ReplyDelete
  10. Dou por mim a ponderar muito mais as compras, não só por causa dos preços mas porque a oferta já é tão variada (H&M's, Zaras q.b. e Asos) que é possivel namorar a peça, encontrar semelhante, achar que vi outra coisa melhor, e amanhar-me com o que tenho no fundo do armario e ja nem lembrava com um basico ou outro. Da Zara? as ultimas peças que comprei, este mês, vieram da SS10, directamente do armario de outrém :)

    ReplyDelete
  11. Estou exactamente na mesma posição que tu! A Zara perdeu o encanto, acho a loja online horrorosa, e as colecções foram sendo cada vez mais fraquinhas! Tenho algumas boas peças da zara mais antigas e por acaso tb tenho esse conjunto saia/casaco das tachas, compradinhos nos saldos, na altura em que o primeiro dia era uma loucura e gastava 200euros!

    ReplyDelete
  12. @ Lola Como eu te entendo! Nesse AW gastei quase 200 euros nos saldos. Havia tanta coisa que queria! Este Inverno não comprei nada, mesmo nada!

    O senhor Ortega está a perder clientes :P

    Gosto muito do teu blog e os CL são LINDOS!

    ReplyDelete
  13. concordo, preço alto vs qualidade não tão boa deixam-me dúvidas! no inverno passado confesso que a H&M foi a menina dos meus olhos, especialmente a trend. A Zara s/s tem agora 1 ou outra peça em que colo mas nada de especial...


    J.

    ReplyDelete
  14. Sinceramente, acho que só ando a controlar-me mais devido ao aumento de preços que houve... Porque continuo fiel à nossa querida Zara! :p *

    ReplyDelete
  15. As roupas nas montras da Zara e H&M várias vezes atraíram-me para entrar nas lojas mas uma vez lá dentro invariavelmente não conseguia encontrar uma peça que me agradasse. Ou era por causa da confusão visual provocada por muita roupa junta ou era porque me parecia que as peças tinham sido feitas para só durarem uma estação. Por muito baratas que fossem, nunca achei que valessem a pena comprar. A excepção foi uma colecção desenhada para a H&M, salvo erro, pela Comme des Garçons, mas também não comprei nada. admirava-me imenso como amigas e conhecidas conseguiam encontrar coisas giras nessas lojas.
    Compro as roupas que uso no dia-a-dia na Benetton mas nos últimos anos ando a comprar cada vez mais na comptoir des Cotonniers. Jeans só Levi's. duram mais, pelo menos comigo.
    até que no mês passado comprei um lenço/cachecol de lã na Zara. deve ser a tal carestia, porque custou cerca de 35€, só menos 15€ que um lenço Pedro del Hierro sport, igualmente de lã, que comprei no final do ano passado. pronto, agora que comprei na Zara, já me sinto mais normal.

    ReplyDelete
  16. @ Anonymous Desculpa a resposta tardia, mas a net em Barcelona era super lenta! A Zara anda a atravessar uma má fase. Ainda este fim de semana entrei numa e fiquei "overwhelmed" com tanta coisa, tanta cor. Os preços estão realmente excessivos e quase a tocar o target da Uterque.

    Obrigada pelo comentário! Gosto imenso da Comptoir des Cotonniers :)

    ReplyDelete
  17. Há uma explicação para o que falas e bem entre a Zara e Uterque se tocarem no preço (e também qualidade que subiu)dos acessórios. É um pouco equivocado falar já, mas se eu estiver certa na minha suspeita daqui a uns meses vais perceber as anormalidades que de forma tão perspicaz realçaste.

    ReplyDelete