Monday, September 20, 2010

New York Fashion Week Spring 2011 review.


























A New York Fashion Week já terminou, é certo - o epicentro da fashion community encontra-se agora em terras de suja majestade - mas o LX não podia ficar indiferente às colecções que foram mostradas.

First of all, uma confissão: já há muito que a NYFW não me entusiasma. Razões por detrás do meu desapego para com o sportswear americano? J'adore Paris, is that enough? Enquanto Paris não chega, há muito a dizer sobre o que se passou durante mais uma edição da NYFW.

Comecemos por Wang e por aquela que será - so far - a cor da próxima Primavera. O enfant terrible e protegido de Anna Wintour surpreendeu todos ao apresentar aquela que foi a sua primeira colecção sem uma única peça branca. Surpreendidos? Eu fiquei. E, se num primeiro olhar, fui invadida por uma sensação de estranheza, depressa percebi que it's the same Wang, mais leve, mas nunca linear. E, por falar em Wang, clap clap para os sapatos. Os botins são to die for e, à semelhança do que tem acontecido nas últimas estações, serão um sucesso entre as fashionistas.

Mas Wang não foi o único a apostar no branco. BCBG Max Azria, Thakoon e Calvin Klein foram algumas das marcas a apresentarem colecções em que o branco predominou. Calvin Klein, conduzida por Francisco Costa, tem, quanto a mim, uma das melhores colecções apresentadas durante a NYFW. Há muito que aprecio as suas linhas depuradas, a arquitectura das suas peças, mas desta vez, com uma simplicidade espelhada nas palavras do WWD, que afirma não existir outra palavra para descrever esta colecção sem ser «pura». 

As duplas Proenza Schouler, numa versão mais ladylike do que ao que estamos habituados mas, ainda assim, preservando o factor cool e Rodarte, com uma orientação cada vez mais usável, voltaram a provar que merecem o estatuto de it labels, apresentando duas das melhores colecções que passaram por esta edição da NYFW.

And what about Marc Jacobs? Bem, it's all about the seventies: calças à boca de sino, padrões e cores frenéticas, a fazerem lembrar os padrões Missoni, volumes inusitados nas saias, hot pants e muitos vestidos longos. Não é a minha colecção preferida de Marc Jacobs but see you in Paris.


4 comments:

  1. concordo ctg Cátia, mais uma vez acho que ficou a saber a pouco a NFW, de qlq das formas não deixo de realçar os brancos, as nude colors, transparências, leveza e mix de padrões q pude denotar entre as colecções, e q gostei :)

    um beijinho!

    ReplyDelete
  2. Olá Cátia!
    Olha é no Campera Zara Outlet (lefties) :) São muitas horas naquela loja! Mas vale a pena!!!! ehehehe

    Também há uma no CC doos olivais e em Cascais, mas prefiro o campera porque é a maior e a 6km de onde moro :)

    Beijinhos
    *

    ReplyDelete
  3. Excellent review!!!

    diariodemim.wordpress.com

    ReplyDelete
  4. Gostei muito da edição do post!!! :)

    xoxo
    Style It Up girl

    ReplyDelete