Wednesday, June 30, 2010

Alexander McQueen cruise collection 2011: Sarah Burton debut




When Alexander McQueen died in February 11th, everyone started to thinking what would happen to his fashion brand.

Sarah Burton, McQueen's longtime friend, was nominated criative director.

Back then, Burton promised to remain faithful to McQueen aesthetic and I believe she achieved that with her first collection for the label.

McQueen's cruise collection repeats some of Alexander signature combinations of sleek tailoring and dramatic movement.

Everybody is saying this is a promising debut and I couldn't agree more.

Any thoughts?



Quando Alexander McQueen morreu, a 11 de Fevereiro, todos se interrogaram acerca do futuro da marca que criara.

Sarah Burton, amiga de longa data do falecido designer, foi nomeada directora criativa.

Burton prometeu manter-se fiel à estética de McQueen e acredito que o conseguiu na sua estreia (para a colecção de mulher).

A colecção cruise da maison McQueen repete a assinatura de McQueen: a alfaiataria irrepreensível e o movimento dramático das suas peças.

Pelo que li, a estreia de Sarah Burton tem sido apelidada de promissora e o LX State of Fashion não podia concordar mais.

O que é que acharam?


4 comments:

  1. Acho que se pode identificar com a marca e que ela fez o melhor que se poderia ter feito. Não acredito que ninguém pudesse perceber melhor a estética e a visão dele, mas sinto que falta algo. Alguma irreverência, inovação à la McQueen.

    **, bejinho sU

    ReplyDelete
  2. @ sU Nisso concordo contigo. Esta colecção vem muito no seguimento do que o McQueen tinha feito nas duas últimas colecções. A Sarah conteve-se um pouco, mas não podia ser de outra forma.

    ReplyDelete
  3. Eu adorei a colecção para mulher. Acho que que ela foi mesmo fiel à estética do McQueen. Esperemos que continue a fazê-lo. :)

    ReplyDelete
  4. Luvin the dresses ~ elegant yet theatrical ~ thats what we love about Mcqueen :)

    xxx
    Gi
    glam623.blogspot.com/

    ReplyDelete